Tarot  e  Gastronomia

por Mary Santi



A Origem do Tarot

"Segundo a Tradição, quando os sacerdotes egípcios, herdeiros da Sabedoria Atlântida, eram ainda guardiões dos Mistérios Sagrados, o Grande Hierofante, prevendo uma época de decaimento espiritual da humanidade e a perseguição ao ensinamento sagrado, convocou ao templo todos os sábios sacerdotes do Egipto para que, juntos, pudessem achar um meio de preservar da destruição os ensinamentos iniciáticos, permitindo, assim, o seu uso às gerações de um futuro distante.
Muitas sugestões foram apresentadas, mas o mais sábio entre os presentes disse que, devido ao declínio moral da humanidade, o vício ia prevalecer por toda parte e sugeriu então que as Verdades Eternas fossem conservadas e perpetuadas através do vício, até à época em que, novamente poderiam ser ensinadas.
Assim foi feito e o grandioso sistema simbólico da Sabedoria Esotérica - o TAROT - foi dado à humanidade sob a forma de um baralho de 78 lâminas, que desde milhares de anos servem para satisfazer a curiosidade humana a respeito do seu futuro ou para distrair-se e passar o tempo, jogando.
Nessas 78 lâminas - 22 que são os "ARCANOS MAIORES" e 56 que são os "ARCANOS MENORES" - os sábios egípcios encerraram toda a sabedoria que tinham herdado, todos os conhecimentos que possuíam, toda a Verdade que lhes era acessível a respeito de DEUS, do UNIVERSO e do HOMEM. A estrutura fixa do sistema impediu qualquer deturpação e o Tarot, ainda hoje em dia permanece uma fonte de sabedoria para quem possui olhos para ver e ouvidos para escutar sua linguagem silenciosa"