A Roda dos Alimentos     


»Receitas Culinárias
»Receitas Doces
»Curso Chocolate
»Receitas Regiões
»Receitas Coração
»Receitas p/Vinho do Porto
»Sabores da Lusofonia
»Receitas Internacionais
»Receitas p/Diabéticos
»Receitas Afrodisíacas
»Afrodisíacos
»Jantar a Dois
»Top 10
»Roda dos Alimentos
»Receita da Quinzena
»Queijo da Quinzena
»Cozinha Século XV
»Restaurantes
»Vinhos
»Curso Prova Vinhos
»Vinhos Medicinais
»Vinhos e Gastronomia
»Bê-á-bá das Provas
»Enchidos
»Queijos
»Confrarias Gastronómicas
»Confrarias Báquicas
»Momentos Especiais
»Cocktails
»Bar & Bebidas
»Cafés
»Ervas Aromáticas
»Especiarias
»Glossário
»Conselhos e Truques
»Livros
»Galeria de Arte
»Música
»Crónicas & Cª.
»Tarot e Gastronomia
»Horóscopo Chinês
»Anedotas
»Jornal de Parede
»Destaques
»Quem Somos
»Colaborações
»Provérbios
»Feriados Nacionais
»Links Essenciais
»Saber & Cultura
»Links
»Copyright
»Estatuto Editorial

 


 

 

Assine o nosso
Livro de Honra

 

 



 

A RODA DOS ALIMENTOS
 


Conheça o que mudou na nova Roda dos Alimentos e aprenda a comer de uma forma mais variada, equilibrada e completa.


A Roda dos Alimentos é um instrumento de educação alimentar destinado à população em geral.
Esta representação gráfica foi concebida para orientar as escolhas e combinações alimentares que devem fazer parte de um dia alimentar saudável.

Utilizada desde 1977, como parte da Campanha de Educação Alimentar “Saber comer é saber viver”, a Roda dos Alimentos sofreu recentemente uma reestruturação, motivada pela evolução dos conhecimentos científicos e pelas alterações nos hábitos alimentares portugueses.

Mantendo o formato circular original, associado ao prato vulgarmente utilizado às refeições, a nova versão subdivide alguns dos anteriores grupos e estabelece porções diárias equivalentes, para além de incluir a água no centro desta nova representação gráfica.

A nova Roda dos Alimentos é composta por sete grupos, com funções e características nutricionais específicas:

Cereais e derivados, tubérculos – 28%
Hortícolas – 23%
Fruta – 20%
Lacticínios – 18%
Carne, pescado e ovos – 5%
Leguminosas – 4%
Gorduras e óleos – 2%
Dentro de cada divisão estão reunidos alimentos nutricionalmente semelhantes entre si, para que possam ser regularmente substituídos, assegurando a variedade nutricional e alimentar.

No site da Direcção-Geral da Saúde estão disponíveis mais informações sobre a roda dos alimentos e outras informações sobre alimentação, tais como: as recomendações nutricionais e alimentares para a população portuguesa, princípios para uma alimentação saudável, como diminuir o consumo de gordura, açúcar e sal, e como aumentar o consumo de hortaliças, legumes e frutos.


Legumes - 7 Dicas

  • Na loja, escolha os legumes mais frescos.
    Ao prepará-los em casa, rejeite as folhas murchas.
    Evita assim a transformação de nitratos em nitritos.
  • Prefira legumes da época, para evitar os cultivados em estufas, que tendem a acumular mais nitratos.
  • Elimine folhas externas e nervuras dos legumes, dado estas serem mais ricas em nitratos. Esta operação reduz em 30% o teor em nitratos.
  • Lave com cuidado uma a uma as folhas em água corrente. Desta forma, elimina em parte nitratos e nitritos, compostos muito solúveis na água.
  • Mantenha os alimentos refrigerados, dado as bactérias que convertem os nitratos em nitritos se multiplicarem rapidamente à temperatura ambiente.
  • Não reaproveite a água de cozedura dos vegetais ricos em nitratos para elaborar sopas ou puré. A cozedura pode reduzir o teor em nitratos entre 20 a 75 por cento.
  • Não reaqueça legumes cozidos com antecedência, dado que estes aumentam a proporção de nitritos.
    Varie no tipo de vegetais. Por exemplo, nas saladas use diferentes tipos e alface e inclua tomate, pepino e pimento. O feijão verde, a abóbora, e a couve de Bruxelas tendem a acumular menos nitratos.
    É uma boa opção para a sopa das crianças.
    Evite consumir legumes ricos em nitratos todos os dias.

       

         in Proteste




Na sua livraria com a
garantia de qualidade
VERBO

 

 

 



 

| Voltar à página principal |



 


Google  

 
 
Web www.gastronomias.com
www.portugal.gastronomias.com

 


Copyright © 1997 Arte Digital, Lda. Todos os direitos reservados.


 

|