Páscoa     


»Receitas Culinárias
»Receitas Doces
»Curso Chocolate
»Receitas Regiões
»Receitas Coração
»Receitas p/Vinho do Porto
»Sabores da Lusofonia
»Receitas Internacionais
»Receitas p/Diabéticos
»Receitas Afrodisíacas
»Afrodisíacos
»Jantar a Dois
»Top 10
»Roda dos Alimentos
»Receita da Quinzena
»Queijo da Quinzena
»Cozinha Século XV
»Restaurantes
»Vinhos
»Curso Prova Vinhos
»Vinhos Medicinais
»Vinhos e Gastronomia
»Bê-á-bá das Provas
»Enchidos
»Queijos
»Confrarias Gastronómicas
»Confrarias Báquicas
»Momentos Especiais
»Cocktails
»Bar & Bebidas
»Cafés
»Ervas Aromáticas
»Especiarias
»Glossário
»Conselhos e Truques
»Livros
»Galeria de Arte
»Música
»Crónicas & Cª.
»Tarot e Gastronomia
»Horóscopo Chinês
»Anedotas
»Jornal de Parede
»Destaques
»Quem Somos
»Colaborações
»Provérbios
»Feriados Nacionais
»Links Essenciais
»Saber & Cultura
»Links
»Copyright
»Estatuto Editorial

 

 





"Ascensão"
Rembrandt



A festa da Páscoa foi fixada
pelo Concílio de Nicéia  (325 d.C.)
Papa S. Silvestre I 
(314-336 d.C.)

 

História da Páscoa

Ementa de Páscoa



Páscoa

Festa comemorativa da Ressurreição de Jesus Cristo, a Páscoa está associada a práticas alimentares em que os ovos, os folares, as amêndoas e os cordeiros ocupam o primeiro lugar.

O "Folar" tem particular relevância, havendo diferentes espécies - tão diferentes que o folar transmontano, por exemplo, só tem com o da Estremadura dois pontos em comum: o nome e a referência à Páscoa. Acrescente-se, contudo, que a tradição do folar, qualquer que ele seja, assenta num ritual de dádiva, solidariedade e convívio profundamente enraizado na sociedade portuguesa.

O folar mais corrente em Portugal é um "bolo de massa seca, doce, e ligada, feito com farinha de trigo, ovos, leite, azeite, banha ou pingue, açúcar e fermento, e condimentado com canela e erva-doce - uma espécie de fogaça - encimado, conforme o seu tamanho, por um ou vários ovos cozidos inteiros e em certos lugares tingidos, meio incrustados e visíveis sob as tiras de massa que os recobrem".
 


A Páscoa (do hebraico Pessach, significando passagem através do grego Πάσχα) é um evento religioso cristão, normalmente considerado pelas igrejas ligadas a esta corrente religiosa como a maior e a mais importante festa da Cristandade. Na Páscoa os cristãos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo depois da sua morte por crucificação (ver Sexta-Feira Santa) que teria ocorrido nesta época do ano em 30 ou 33 da Era Comum. O termo pode referir-se também ao período do ano canónico que dura cerca de dois meses, desde o domingo de Páscoa até ao Pentecostes.

Os eventos da Páscoa teriam ocorrido durante o Pessach, data em que os judeus comemoram a libertação e fuga de seu povo escravizado no Egipto.

A palavra Páscoa advém, exactamente do nome em hebraico da festa judaica à qual a Páscoa cristã está intimamente ligada, não só pelo sentido simbólico de “passagem”, comum às celebrações pagãs (passagem do Inverno para a primavera) e judaicas (da escravatura no Egipto para a liberdade na Terra prometida), mas também pela posição da Páscoa no calendário, segundo os cálculos que se indicam a seguir.

A última ceia partilhada por Jesus Cristo e seus pelos discípulos é narrada nos Evangelhos e é considerada, geralmente, um “sêder do pesach” – a refeição ritual que acompanha a festividade judaica, se nos ativermos à cronologia proposta pelos Evangelhos sinópticos. O Evangelho de João propõe uma cronologia distinta, ao situar a morte de Cristo por altura da hecatombe dos cordeiros do Pesach. Assim, a última ceia teria ocorrido um pouco antes desta mesma festividade.

Os termos "Easter" (Ishtar) e "Ostern" (em inglês e alemão, respectivamente) parecem não ter qualquer relação etimológica com o Pesach (Páscoa). As hipóteses mais aceitas relacionam os termos com Eostremonat, nome de um antigo mês germânico, ou de Eostre, uma deusa germânica relacionada com a primavera que era homenageada todos os anos, no mês de Eostremonat, de acordo com o Venerável Beda, historiador inglês do século VII.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


| Voltar à página principal |


 


Google  

 
 
Web www.gastronomias.com
www.portugal.gastronomias.com

 


Copyright © 1997 Arte Digital, Lda. Todos os direitos reservados.


 

|